UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS INSTITUTO DE ESTUDOS DA LINGUAGEM – IEL MARIANA SANTOS DE ASSIS ATACANDO VIA ONDAS SONORAS: análises e reflexões sobre o espaço do rap na mídia televisiva Campinas 2011

Description
UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS INSTITUTO DE ESTUDOS DA LINGUAGEM – IEL MARIANA SANTOS DE ASSIS ATACANDO VIA ONDAS SONORAS: análises e reflexões sobre o espaço do rap na mídia televisiva Campinas 2011

Please download to get full document.

View again

of 70
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Information
Category:

Self-Help

Publish on:

Views: 2 | Pages: 70

Extension: PDF | Download: 0

Share
Tags
Transcript
  UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS INSTITUTO DE ESTUDOS DA LINGUAGEM  –  IEL MARIANA SANTOS DE ASSIS ATACANDO VIA ONDAS SONORAS: análises e reflexões sobre o espaço do rap na mídia televisiva Campinas 2011  I UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS INSTITUTO DE ESTUDOS DA LINGUAGEM  –  IEL MARIANA SANTOS DE ASSIS   ATACANDO VIA ONDAS SONORAS: análises e reflexões sobre o espaço do rap na mídia televisiva   Monografia apresentada ao Instituto de Estudos da Linguagem da Universidade Estadual de Campinas para a obtenção do Título de Licenciada em Letras. Orientadora: Profª. Drª. Roxane Helena Rodrigues Rojo Campinas 2011  II Dedico essa monografia, primeiramente à minha irmã Elaine Santos de Assis que me mostrou a beleza do rap  e da arte da periferia. E também às minhas duas famílias, àquela que me foi dada. E àquela que eu escolhi ou foi posta em meu caminho como um presente do destino. Obrigada a meus familiares e amigos tão amados.  III AGRADECIMENTOS O que significa terminar uma graduação? Para alguns apenas mais um ciclo natural no desenvolvimento de um cidadão adulto. Infelizmente essa ainda é a realidade de apenas alguns poucos brasileiros, para a maioria a Universidade ainda é um sonho distante e a Universidade pública... nem mesmo um sonho. Realizar esse sonho não foi fácil para mim e por isso sei o valor daqueles que estiveram lado a lado se ganhar pra me apoiar se eu perdesse . Faço questão de demonstrar aqui toda minha gratidão e amor a essas pessoas tão especiais que fizeram de tudo para tornar a caminhada mais leve. Família é um conceito que só entendemos com o tempo, quando percebemos que há um lugar para onde sempre podemos voltar e seremos recebidos de braços abertos. Eu pude gozar de todos os benefícios do meu porto seguro. Carinho, força, incentivo, apoio tudo em uma medida perfeita. Isso é o que encontro em minha família. Agradeço o carinho e a força de minha mãe, Iracema, meu primeiro grande exemplo de mulher e a  primeira a quem eu destinei o pensamento ―quando crescer quero ser assim...‖. O incentivo incansável de meu pai, Geraldo, cuja resposta para todos os problemas sempre foi a educação  –   não por acaso, hoje sou professora. Minhas irmãs Elaine e Eliane que, posso dizer, são a melhor parte de mim. Elaine, a quem eu dedico esse trabalho me mostra todos os dias a beleza de ser dura e delicada. Eliane, parceira e amiga querida, companheira de copo e de cruz. A vocês meu muito obrigada. Mas nós crescemos, precisamos sair do ninho e encontramos outros portos, outros protetores. Aos meus amigos queridos: não teria conseguido sem vocês! Gabee minha, mais que amiga, minha irmã querida, que me transformou numa pesquisadora. Carol, Luiz, Dani Araújo, por me oferecerem um ponto de identificação, além de tanto carinho. Os amigos que estão distantes Júlio, Jiló, Wander, cada um, a seu modo, contribuindo para me manter firme e corajosa no percurso. Os amigos novos, que parecem tão antigos Dani Lins, Rô, Ricardo Fabrício, Eduardo Ceconello, Germano, Saulo. Ao Flávio que, além de um grande amigo, também traduziu meu resumo. À Roxane Rojo por acreditar em mim e por suas orientações nunca intransigentes ou autoritárias que, certamente, contribuirão para meu desenvolvimento como docente e pesquisadora. Ao CNPq por ter financiado duas pesquisas de iniciação científica, experiências importantíssimas para minha formação. E, principalmente, por seu programa de cotas, meus parabéns e sinceros agradecimentos. Enfim ao IEL e seus funcionários pela facilitação do meu trabalho ao longo desses anos.  IV  Não adianta blindar carro, pôr vigia na porta, seu pior inimigo ataca via onda sonora. Os decibéis da nossa dor vão estourar seu tímpanos, vim pra pôr estricnina no seu whysky envelhecido (Facção Central)
Related Search
Similar documents
View more...
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks