1º simulado

Description
1. Estado do Rio de Janeiro Professor: Marcus Prefeitura Municipal de Macaé Disciplina: Biologia Secretaria Municipal de Educação Pré-Vestibular Social A UNIVERSIDADE…

Please download to get full document.

View again

of 5
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Information
Category:

Education

Publish on:

Views: 0 | Pages: 5

Extension: PDF | Download: 0

Share
Transcript
  • 1. Estado do Rio de Janeiro Professor: Marcus Prefeitura Municipal de Macaé Disciplina: Biologia Secretaria Municipal de Educação Pré-Vestibular Social A UNIVERSIDADE MAIS PERTO DE VOCÊ. 1º Simulado Professor Marcus Magarinho Página 1 1. (Uerj 2018) O processo de dispersão de sementes é encontrado na maioria das espécies vegetais. Uma vantagem evolutiva decorrente desse processo é: a)produção de flores vistosas b)conquista de novos ambientes c)desenvolvimento de frutos secos d)fecundação independente da água 2. (Unigranrio - Medicina 2017) “Há quatro espécies de girafa – não uma, como se acreditava” “A ciência reconhecia até hoje a existência de uma única espécie de girafa, dividida em diversas subespécies mais ou menos iguais. Mas um grupo de cientistas da Alemanha realizou a maior análise genética feita até hoje sobre o animal e concluiu que existe não uma, mas quatro espécies de girafa no mundo. Assim, o cruzamento entre as quatro não gera descendentes férteis, o que pode estar contribuindo para o declínio da população desses animais na natureza. Duas das espécies já nascem ameaçadas de extinção”. (Modificado de Veja, Ciência: http://veja.abril.com.br/ciencia/ha- quatro-especies-de-girafa-nao-uma-como-se-acreditava/). Assimsendo, sabe-se que dentro de uma definição clássica o táxon em destaque na matéria acima pode ser definido como: a)Conjunto de populações de diversas espécies que habitam uma mesma região num determinado período. b)Lugar específico onde uma espécie pode ser encontrada dentro do ecossistema. c)Conjunto de indivíduos semelhantes (estruturalmente, funcionalmente e bioquimicamente) que se reproduzem naturalmente, originando descendentes férteis. d)Conjunto de indivíduos de mesma espécie que vivem numa mesma área em um determinado período. e)Conjunto de indivíduos diferentes (estruturalmente, funcionalmente e bioquimicamente) que se reproduzem naturalmente ou não, podendo originar descentes estéreis. 3. (Unigranrio - Medicina 2017) “A epidemia de tuberculose é mais grave do que se pensava até agora, com 10,4 milhões de contaminados em 2015, enquanto as pesquisas para encontrar uma vacina ou outros tratamentos "carece de fundos suficientes", segundo o relatório anual da OMS, publicado nesta quinta-feira (13/10/2016). A cifra supera amplamente a do relatório anterior, que foi de 9,6 milhões de infectados em todo o mundo.” (Adaptado de G1, Bem Estar: http://g1.globo.com/bemestar/noticia/2016/10/oms-diz-que- epidemia-de-tuberculose-e-mais-grave-do-que-se-esperava.html). A doença em questão, na matéria acima, é causada por uma bactéria, tal qual as demais listadas abaixo, EXCETO: a)Cárie b)Cólera c)Coqueluche d)Febre Maculosa e)Tricomoníase 4. (Cesgranrio 2011) Na reprodução sexuada dos vegetais, ocorre a alternância entre gerações haploide (n) e diploide (2n). Nos briófitos, a fase dominante e duradoura é o gametófito, enquanto, nos pteridófitos, a fase dominante é o esporófito. Nos vegetais com flores, também há o predomínio do esporófito. Sobre a reprodução sexuada dos vegetais, afirma-se que a)a geração diploide corresponde ao gametófito e produz gametas através da mitose. b)a geração haploide corresponde ao gametófito, produzindo gametas através da mitose. c)a geração haploide corresponde ao esporófito e produz esporos através da meiose. d)a fecundação dos gametas origina um zigoto que é diploide, o qual se desenvolve e cresce através de sucessivas mitoses formando o gametófito. e)os esporos se desenvolvem através de sucessivas mitoses e originam o gametófito diploide. 5. (Uerj 2010) O aumento da concentração de 2CO na atmosfera intensifica a ação fertilizante desse gás, o que acelera o crescimento de diversas plantas. Na natureza, no entanto, há fatores limitantes dessa ação. Em um experimento, duas pequenas mudas de milho foram plantadas em solo arenoso, sob idênticas condições de temperatura e de taxa de iluminação, irrigadas diariamente com um pequeno volume de água comum, igual para ambas. As plantas foram mantidas em ar atmosférico contendo 2CO nas seguintes proporções: - planta 1: 1 340 mg L  - planta 2: 1 680 mg L  Escolheram-se duas folhas, uma de cada muda, e suas massas forammedidas durante 30 dias. Observe o gráfico a seguir, no qual duas das curvas representam os resultados dessa medição: A curva que representa o desenvolvimento da planta 2 e o fator cuja deficiência limitou a ação fertilizante do 2CO são: a)W – sais minerais b)X – oxigênio c)Y – aminoácidos d)Z – luz 6. (Cesgranrio 1995) Os vegetais se caracterizam pela capacidade de utilizar a energia luminosa para produzir matéria orgânica a partir de substâncias minerais. Este processo também pode ser realizado por seres que pertencem aos reinos: a)Monera e Animal. b)Protista e Monera. c)Protista o Fungi. d)Protista, Fungi e Monera. e)Protista, Fungi e Animal.
  • 2. Estado do Rio de Janeiro Professor: Marcus Prefeitura Municipal de Macaé Disciplina: Biologia Secretaria Municipal de Educação Pré-Vestibular Social A UNIVERSIDADE MAIS PERTO DE VOCÊ. 1º Simulado Professor Marcus Magarinho Página 2 7. (Cesgranrio 1994) "Carne de porco ameaça a visão de uma cidade". 86% da população de Erechim está tendo problemas de cegueira em virtude da toxoplasmose. ("O Globo" - 15/08/93). O agente etiológico causador da doença pertence ao grupo dos(as): a)vírus. b)bactérias. c)fungos. d)protozoários. e)insetos. TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO: Um peixe ósseo com bexiga natatória, órgão responsável por seu deslocamento vertical, encontra-se a 20 m de profundidade no tanque de um oceanário. Para buscar alimento, esse peixe se desloca em direção à superfície; ao atingi-la, sua bexiga natatória encontra-se preenchida por 112 mL de oxigênio molecular. 8. (Uerj 2017) O deslocamento vertical do peixe, para cima, ocorre por conta da variação do seguinte fator: a)densidade b)viscosidade c)resistividade d)osmolaridade 9. (Unesp 2017) A figura mostra duas propriedades da molécula de água, fundamentadasna polaridade da molécula e na ocorrência depontes de hidrogênio. Essas duas propriedades da molécula de água são essenciais para o fluxo de a)seiva bruta no interior dos vasos xilemáticos em plantas. b)sangue nos vasos do sistema circulatório fechado em animais. c)água no interior do intestino delgado de animais. d)urina no interior da uretra durante a micção dos animais. e)seiva elaborada no interior dos vasos floemáticos em plantas. 10. (Pucsp 2017) As imagens a seguir mostram dois vetores de doenças que afetam milhares de pessoas no Brasil. Os agentes etiológicos transmitidos pelos vetores A e B acima são, respectivamente, classificados como a)vírus e nematelminto. b)bactéria e vírus. c)vírus e protozoário. d)bactéria e nematelminto. 11. (Pucsp 2017) No quadro a seguir, são apresentadas informações sobre algumas espécies. Nome comum Espécie Número de pares cromossômicos Cebola Allium cepa 8 Cavalo Equus caballus 32 Jumento Equus asinus 31 Considerando essas informações, analise as afirmativas a seguir. I. O endosperma da semente de cebola tem, ao todo, 24 cromossomos. II. Cavalo e jumento são espécies diferentes, mas pertencem ao mesmo gênero. III. Um híbrido entre égua e jumento apresentaria 63 cromossomos nas células somáticas. Está correto o que se afirma em a)I e II, apenas. b)II e III, apenas. c)I e III, apenas. d)I, II e III. 12. (Ufjf-pism2 2017) Estudo que contou com a participação de um pesquisador brasileiro revela que a presença das minhocas no solo aumenta a produtividade agrícola. O resultado mostra que a presença das minhocas aumentou a produtividade de grãos e a biomassa aérea de plantas, afirma George Brow n, pesquisador em ecologia do solo da Embrapa Florestas (PR). “O resultado era esperado", afirma Brow n. “Há centenas de anos as minhocas são consideradas aliadas do agricultor, ajudando no crescimento das plantas. Contudo, o que não sabíamos ainda era a dimensão do efeito positivo, nem como ele funcionava”. Fonte: texto modificado a partir de https://w w w .embrapa.br/busca- de-noticias/-/noticia/2057172/minhocas-aumentam-produtividade- agricola. Acesso em 04/10/2016. Leia as afirmativas a seguir: I. As minhocas vivem em galerias escavadas no solo e a sua atividade de escavação melhora a textura e a estrutura do solo tornando-o mais poroso e aerado. II. As minhocas se alimentam da matéria orgânica disponível no substrato, acelerando a sua decomposição e reincorporação ao solo. III. As minhocas são predadores que se alimentam de invertebrados do solo prejudiciais para as plantas, ajudando, assim, no controle de pragas de plantações. IV. Os excrementos das minhocas são ricos em nitrogênio, um dos nutrientes mais importantes para o crescimento das plantas. V. As fezes das minhocas, quando incorporadas ao substrato, formam o húmus, um excelente adubo natural. Assinale a alternativa com as afirmativas CORRETAS:
  • 3. Estado do Rio de Janeiro Professor: Marcus Prefeitura Municipal de Macaé Disciplina: Biologia Secretaria Municipal de Educação Pré-Vestibular Social A UNIVERSIDADE MAIS PERTO DE VOCÊ. 1º Simulado Professor Marcus Magarinho Página 3 a)Somente I, II, IV, V. b)Somente II, IV, V. c)Somente I, II, III, IV. d)Somente I, III, IV, V. e)Somente I, III, IV. 13. (Pucsp 2017) Em vários grupos animais, a troca de gases respiratórios com o ambiente depende do trabalho conjunto realizado entre sistema respiratório e sistema circulatório. Enquanto o sistema respiratório se ocupa da aquisição e eliminação de gases realizadas diretamente entre o organismo e o ambiente, o sistema circulatório atua na distribuição desses gases pelo corpo. No entanto, existem animais cujo sistema circulatório é desprovido de funções respiratórias, como, por exemplo, a)os insetos. b)os peixes. c)os crustáceos. d)os anfíbios. 14. (Fcmmg 2017) Com relação aos insetos, a charge abaixo se refere ao processo de: a)Menarca b)Mutação c)Mimetismo d)Metamorfose 15. (Fatec 2017) Após a detecção de animais de uma determinada espécie no galpão principal, os proprietários de uma empresa decidiram minimizar os riscos que os funcionários estariamcorrendo e acionaram o Centro de Controle de Zoonoses. Os técnicos do centro, após chegarem, notaram que os organismos em questão eram adultos, possuíam tamanho e formato aproximados de um grão de lentilha, exoesqueleto, quelíceras e quatro pares de apêndices locomotores. Por fim, após a identificação taxonômica, concluíram tratar-se de um gênero hematófago. O laudo dos técnicos indicou que os animais encontrados no galpão fazem parte de uma espécie de a)aranhas. b)baratas. c)carrapatos. d)morcegos. e)pernilongos. 16. (Famerp 2017) A figura ilustra um corte do tegumento de um animal invertebrado. Com base na figura, é correto afirmar que o animal que possuiesse tegumento a)possui grande facilidade de se desidratar. b)vive obrigatoriamente em ambiente aquático. c)elimina excretas nitrogenadas por difusão. d)realiza respiração cutânea. e)realiza trocas periódicas do exoesqueleto. 17. (Unicamp 2017) Na vida real não existem animais que são agentes secretos, mas o ornitorrinco, representado na figura do desenho Phineas e Ferb, guarda muitos segredos e curiosidades. Esse animal de aproximadamente 60 cm, que parece uma mistura de lontra, pato e castor, resultou em um ser único em vários sentidos. a)À semelhança dos mamíferos placentários, a fêmea do ornitorrinco alimenta os filhotes com seu leite, mas coloca ovos. b)Diferentemente dos mamíferos placentários, os ornitorrincos não produzem leite para a alimentação dos filhotes. c)À semelhança dos mamíferos placentários, os embriões dos ornitorrincos alimentam-se exclusivamente de vitelo acumulado no ovo. d)Diferentemente dos mamíferos placentários, os ornitorrincos apresentam autofecundação e produzem ovos.
  • 4. Estado do Rio de Janeiro Professor: Marcus Prefeitura Municipal de Macaé Disciplina: Biologia Secretaria Municipal de Educação Pré-Vestibular Social A UNIVERSIDADE MAIS PERTO DE VOCÊ. 1º Simulado Professor Marcus Magarinho Página 4 18. (Fuvest 2017) Procurando bem Todo mundo tem pereba Marca de bexiga ou vacina E tem piriri, tem lombriga, tem ameba Só a bailarina que não tem Edu Lobo e Chico Buarque, Ciranda da bailarina. A bailarina dos versos não contrai as doenças causadas por dois parasitas de importância para a saúde pública: a lombriga (Ascaris lumbricoides) e a ameba (Entamoeba histolytica). Todo mundo, porém, pode-se prevenir contra essas parasitoses, quando a)não nada em lagos em que haja caramujos e possibilidade de contaminação com esgoto. b)lava muito bem vegetais e frutas antes de ingeri-los crus. c)utiliza calçados ao andar sobre solos em que haja possibilidade de contaminação com esgoto. d)evita picada de artrópodes que transmitem esses parasitas. e)não ingere carne bovina ou suína contaminada pelos ovos da lombriga e da ameba. 19. (Ufjf-pism 2 2017) Ao caminhar pela sua cidade, um estudante do ensino médio observou as seguintes plantas: I. Musgo II. Samambaia III. Pinheiro IV. Goiabeira V. Ipê-amarelo Após analisá-las, fez as afirmações abaixo. Assinale a opção com a alternativa CORRETA: a)apenas uma dessas plantas não apresenta raiz, caule e folhas diferenciadas. b)apenas duas dessas plantas não apresentam tecidos condutores de seiva. c)apenas duas dessas plantas apresentam sementes. d)apenas duas dessas plantas apresentam processos de polinização. e)apenas uma dessas plantas apresenta fruto. 20. (Uemg 2017) O procedimento cotidiano adequado para se retardar o amadurecimento de um mamão é a)embalar o fruto em jornal. b)gerar cicatrizes em sua superfície. c)fornecer calor de forma moderada. d)manter o mamão em local ventilado. 21. (Unesp 2017) Uma gimnosperma conhecida como cedrinho (Cupressus lusitanica) é uma opção de cerca-viva para quemdeseja delimitar o espaço de uma propriedade. Para isso, mudas dessa espécie são plantadas a intervalos regulares. Podas periódicas garantem que o espaço entre as mudas seja preenchido, resultando em uma cerca como a ilustrada na imagem. Para se obter uma cerca-viva de altura controlada, que crie uma barreira física e visual, deve-se a)estimular a produção de auxinas pelas gemas laterais das plantas, podando periodicamente a gema apical. b)estimular a produção de auxinas pela gema apical das plantas, podando periodicamente as gemas laterais. c)inibir a produção de auxinas pela gema apical e pelas gemas laterais das plantas, podando periodicamente as gemas laterais e a gema apical. d)inibir a produção de auxinas pela gema apical das plantas, podando periodicamente as gemas laterais. e)inibir a produção de auxinas pelas gemas laterais das plantas, podando periodicamente a gema apical. 22. (Fgv 2016) No século XIX, Louis Pasteur realizou experimentos utilizando frascos com e sem pescoços alongados (pescoços de cisne), com o objetivo de compreender a origem da contaminação por micro-organismos em meios de cultura, conforme ilustrado a seguir.
  • 5. Estado do Rio de Janeiro Professor: Marcus Prefeitura Municipal de Macaé Disciplina: Biologia Secretaria Municipal de Educação Pré-Vestibular Social A UNIVERSIDADE MAIS PERTO DE VOCÊ. 1º Simulado Professor Marcus Magarinho Página 5 Tais experimentos embasaram Pasteur a comprovar a teoria a)da abiogênese, observando que os micro-organismos são gerados constantemente em meios nutritivos adequados, desde que em contato direto com o ar. b)da geração espontânea, observando que os micro-organismos se proliferam em meios nutritivos adequados, independentemente do contato direto com ar. c)da evolução biológica, observando que o ambiente adequado proporciona o surgimento de diversidade biológica, desde que em contato direto com o ar. d)celular, observando que todos os organismos são formados por algum tipo de organização celular, independentemente do contato direto com o ar. e)da biogênese, observando que todo organismo vivo provém de outro pré-existente, independentemente do contato direto com o ar. 23. (Enem PPL 2013) A figura representa a análise gráfica de um estudo acerca da dispersão de uma doença transmitida a um grupo de pessoas que compartilhou um mesmo ambiente de trabalho: De acordo com o padrão apresentado no gráfico, a transmissão da doença ocorreu por a)ingestão de água contaminada no mesmo ambiente de trabalho. b)consumo de alimentos estragados vindos da mesma fonte. c)contaminação pelo ar a partir de uma pessoa infectada. d)infecção do grupo por insetos vetores. e)manipulação de objetos contaminados. 24. (Ufu 2012) Diversas campanhas publicitárias noticiam os efeitos benéficos à saúde de iogurtes e leites fermentados que possuem lactobacilos vivos (probióticos) em sua formulação. Um dos benefícios comprovados da ingestão de produtos com esses lactobacilos é a redução da probabilidade de diarreia infecciosa, uma vez que a)as bactérias lácticas geneticamente selecionadas são resistentes ao pH ácido do estômago e chegam viáveis e em grande quantidade ao intestino, onde colonizam o epitélio de revestimento e impedem que microrganismos patogênicos se instalem no local. b)as leveduras presentes nesses produtos láticos utilizam o bolo fecalcomo fonte de nutrientes, fermentando-o e liberando álcool etílico na parede intestinal, o que impede que microrganismos patogênicos se instalem no local. c)os lactobacilos vivos liberam antibióticos naturais no epitélio de revestimento do intestino e, desse modo, impedem que microrganismos patogênicos se instalem no local. d)os probióticos são organismos geneticamente modificados que possuem a habilidade de atuar como anticorpos no intestino grosso, capturando e neutralizando os microrganismos patogênicos que tentarem se instalar no local. 25. (Fatec 1997) Hoje admite-se que a primeira forma de vida tenha surgido em lagos da Terra primitiva, que apresentava uma atmosfera diferente da atual. A partir desse acontecimento outros se sucederam, estabelecendo-se uma diversidade de formas e processos. A primeira forma de vida (I), a composição da atmosfera primitiva (II) e a provável sequência de processos para obtenção de alimento e energia (III) conquistados pelos seres vivosforam, respectivamente: a)I = autótrofa; II = sem oxigênio; III = fotossíntese, fermentação, heterotrófico, respiração aeróbica b)I = autótrofa; II = com oxigênio; III = fotossíntese, fermentação, heterotrófico, respiração aeróbica c)I = heterótrofa; II = sem oxigênio; III = heterotrófico, fermentação, fotossíntese, respiração aeróbica d)I = heterótrofa; II = sem oxigênio; III = heterotrófico, respiração aeróbica, fotossíntese, fermentação e)I = heterótrofa; II = com oxigênio; III = heterotrófico, respiração aeróbica, fotossíntese, fermentação
  • Related Search
    We Need Your Support
    Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

    Thanks to everyone for your continued support.

    No, Thanks